Mutirão de limpeza recolhe quase 50 kg de lixo em lagos e rios de Foz do Iguaçu e região




Secretaria Municipal do Meio Ambiente auxiliou com equipamentos e orientações em ação realizada no sábado (13)


No último sábado, 13, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e a Defesa Civil apoiaram a Capitania Fluvial do Rio Paraná em uma ação que recolheu 43 kg de lixo em rios e lagos de Foz do Iguaçu e região. Os rejeitos foram encaminhados para a destinação correta em contentores e caminhões da Coleta Seletiva, cedidos pela Prefeitura de Foz.


Os trabalhos foram realizados em três pontos: Porto de Areia; Clube de Pesca Maringá e Iate Clube Itaipu (Icli). O mutirão aconteceu simultaneamente em outras cidades do Brasil.


Um dos objetivos da ação foi conscientizar moradores sobre os perigos do descarte incorreto de materiais próximo às regiões ribeiras, o que acarreta em prejuízos a fauna e flora, poluição, além de focos para a procriação do mosquito da dengue. Por esse motivo, voluntários também se juntaram ao corpo de trabalho para relembrar o papel da população na preservação da natureza.


“É preciso adotar uma consciência coletiva para uma responsabilidade compartilhada, como já diz a Política Nacional de Resíduos Sólidos. Os cidadãos podem dispor recicláveis para o Programa Municipal de Coleta Seletiva, segregando-os nas residências, adquirir hábitos corretos para um descarte adequado e entender que é uma solução em comum. Desta forma, podemos diminuir o impacto causado pelos resíduos produzido por todos”, conta a secretária de Meio Ambiente, Angela Meira.


Descarte incorreto é ilegal!


Em 2019, o prefeito Chico Brasileiro sancionou a Lei Municipal nº 4.756, que proíbe o descarte de lixo nas ruas da cidade e em outros locais inadequados. A multa para esse tipo de infração é de R$ 42,12, e pode ser dobrada em caso de reincidência.


6 visualizações0 comentário

Foz do Iguaçu - Paraná

©2021 por Portal Fronteiras. Orgulhosamente criado e desenvolvido por Agência Ludkus.