Comitiva de Hernandarias/PY conhece projeto da Vila A Inteligente


O objetivo foi compartilhar a experiência de Foz do Iguaçu, que tem o primeiro bairro público inteligente do País


Uma comitiva de Hernandarias, distrito do Alto Paraná, no Paraguai, esteve em Foz do Iguaçu nesta quarta-feira, 17, para conhecer o projeto do primeiro bairro inteligente do Brasil - a Vila A.


A intenção dos representantes do distrito paraguaio era entender como foi feita a parceria - entre a Itaipu Binacional, Parque Tecnológico Itaipu (PTI), Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e Prefeitura de Foz do Iguaçu - que viabilizou a implantação de tecnologias na área de Cidades Inteligentes no bairro.


O grupo foi recebido por autoridades municipais na Secretaria Municipal da Tecnologia e Informação.

“Este projeto inovador, que envolve tecnologias em áreas como mobilidade urbana e segurança pública, surgiu de uma conversa entre o prefeito Chico Brasileiro e o diretor-geral da Itaipu Binacional, general Joaquim Silva e Luna. E, com o apoio de outras instituições, já está rendendo bons resultados, pois acima de tudo o projeto busca melhorar a vida das pessoas. E nós estamos aqui, para compartilhar as experiências”, comentou o secretário municipal de Tecnologia e Informação, Evandro Ferreira.


Na visita da comitiva, o diretor técnico do PTI, Rafael José Deitos, apresentou os aspectos formais e técnicos do projeto e esclareceu dúvidas.


A Vila A Inteligente faz parte de um convênio firmado em 2020. Um decreto publicado pela Prefeitura em junho instituiu no bairro um ambiente de testes e validações de tecnologias, e permitiu a implantação dos semáforos e pontos de ônibus inteligentes, câmeras com monitoramento de placas, iluminação inteligente e um Centro de Controle e Operações.


“É um prazer poder estar aqui com o nosso grupo para conhecer este projeto fantástico e trocar informações, experiências e práticas que melhoram a vida da população de nossa região”, disse a diretora de Turismo de Hernandarias, Gladys Garcete.


Irmanação


Desde 2016, Foz do Iguaçu e Hernandarias são consideradas cidades-irmãs, com a finalidade de promover programas mútuos de cooperação e fraternidade, por meio de intercâmbios culturais, sociais, turísticos e econômicos.


“Apesar de vivermos em países diferentes, o que nos separa é apenas um rio. Buscar o desenvolvimento mútuo e a integração entre as entidades governamentais das duas cidades é algo extremamente importante para todos nós”, considerou o secretário de Turismo e Projetos Estratégicos, Paulo Angeli.


O diretor de Assuntos Internacionais, Jihad Abu Ali, relembrou ainda as importantes ações de cooperação entre as duas cidades que aconteceram nos últimos anos, a exemplo da capacitação de trânsito que a Guarda Municipal de Foz do Iguaçu ofertou aos agentes de trânsito da cidade paraguaia e a disponibilização das piscinas olímpicas do Ginásio Costa Cavalcanti para treinos de natação de crianças.


Presenças


Participaram também da reunião o diretor de Captação e Investimentos da Prefeitura, Edinardo Aguiar; o assessor da Diretoria de Assuntos Internacionais, Ali Fayad; e os representantes de Hernandarias da área de Urbanismo, Francisco Meza; de Educação, Cultura e Esportes, Zulemi Fariña; de Turismo, Miguel Ortellado; e de Indústria e Comércio, Jaime Zorrilla.


Link: https://www5.pmfi.pr.gov.br/noticia-47437

13 visualizações0 comentário