Em jantar, ACM Neto evita firmar compromissos com Doria para 2022


O presidente do Democratas, ACM Neto, disse na manhã desta quarta-feira (10) que evitou fazer qualquer sinalização ao governador de São Paulo, João Doria, sobre uma aliança com o PSDB nas eleições presidenciais de 2022.

“Eu deixei claro que não iria tratar de 2022. Reafirmei a ele e aos presentes que não é o momento de tratar de 2022 mas que as portas poderão estar abertas ao PSDB quando for o momento para tratar de 2022”, afirmou.


Segundo ele, participaram do encontro o vice-governador de São Paulo e presidente do DEM-SP, Rodrigo Garcia, o ex-ministro Mendonça Filho, o secretário especial de Doria, Antonio Imbassahy, e o secretário paulista de Desenvolvimento Regional e presidente do PSDB-SP, Marco Vinholi.

No encontro, os tucanos tentaram obter algum sinal de Neto sobre a posição do DEM em 2022 e sobre uma aproximação com o presidente Jair Bolsonaro. Mas Neto, de acordo com ele mesmo, evitou firmar compromissos para o ano que vem.

Presente ao encontro, Vinholi confirmou a informação. “Procede exatamente (a afirmação de ACM Neto). De nossa parte trabalhamos para ter o DEM junto com o centro democrático e Joao Doria em 2022”, afirmou. Questionado, Doria também confirmou. “Ele (Neto) falou corretamente. O jantar foi para deixar clara a posição do DEM em relação ao governo Bolsonaro”, disse Doria a CNN. O governador, porém, declarou que “Neto afirmou que não há e não haverá alinhamento do DEM com Bolsonaro”.

0 visualização0 comentário

Foz do Iguaçu - Paraná

©2021 por Portal Fronteiras. Orgulhosamente criado e desenvolvido por Agência Ludkus.