Foz ComUnidade volta em novembro nas regiões Sul e Norte


Serviços de todas as secretarias municipais estarão disponíveis em um único local, além de apresentações culturais e artísticas, e outras atividades


A feira de serviços públicos Foz ComUnidade retorna dias 6 e 27 de novembro no Porto Meira e Cidade Nova, regiões Sul e Norte de Foz do Iguaçu, respectivamente. A iniciativa da Prefeitura Municipal reúne, das 8h às 14h num único local, oportunidades de agendamentos para tirar documentos e vacinas, atualização de cadastros, testes rápidos, escolinha de trânsito e atividades de lazer para crianças e mais.


O Foz ComUnidade é um programa idealizado e organizado em 2018 pelo prefeito Chico Brasileiro para aproximar o governo municipal da população, já foi realizado em todas as regiões de Foz do Iguaçu. A 11ª edição do Foz ComUnidade, suspenso para evitar aglomerações durante a pandemia do coronavírus (covid-19), aconteceu dia 14 de março no Três Bandeiras, região Noroeste.


A Secretaria de Direitos Humanos e Relações com a Comunidade iniciou o levantamento, junto as demais secretarias, para identificar quais serviços podem ser ser ofertados pelas pastas. "A partir deste diagnóstico, faremos uma ampla divulgação para que a população aproveite esta oportunidade", disse a diretora de Direitos Humanos, Mazé El Saad.


Feira de serviços


Na última edição do Foz ComUnidade, realizada um pouco antes da pandemia, foi feita a vacinação de adultos e crianças, realizados testes rápidos, além da atualização de dados para cirurgias e consultas.


A feira incluiu ainda cadastro de vagas para CMEIs (Centro Municipal de Educação Infantil), agendamento para troca de luminárias, solicitações para pavimentação de ruas, corte de cabelo, atualização do Cadastro Único, emissão de guias do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), escolinha de trânsito do Foztrans (Instituto de Transporte e Trânsito), recreação para as crianças, entre outros serviços.


No local, os moradores puderam depositar entulhos e inservíveis como móveis, restos de construção, madeira entre outros, em caçambas da Cooperativa Ambiental do Oeste (COOPERAOESTE). A Secretaria de Meio Ambiente mobilizou um caminhão da Coleta Seletiva para recolhimento de materiais recicláveis.

3 visualizações0 comentário