Unidades de Valorização de Resíduos de Foz do Iguaçu passam por reformas e modernização


Serão oito unidades, distribuídas pelas regiões da cidade, com equipamentos modernos para qualificar e melhorar a rotina dos trabalhadores


Dentro de alguns meses, todos os trabalhadores da Coleta Seletiva de Foz do Iguaçu ganharão espaços de trabalho mais dignos, modernos e com equipamentos de ponta. A Prefeitura, em convênio com a Itaipu Binacional e o Governo do Paraná, está reformando as Unidades de Valorização de Resíduos (UVR) para qualificar o trabalho da triagem e armazenamento dos materiais.


Ao todo, serão oito unidades, cinco reformadas e três completamente novas. Duas já foram finalizadas, nos bairros Três Bandeiras e Morumbi. As unidades da Vila C e do Campos do Iguaçu estão em reforma – sendo que a do Campos já está com 87% das obras já concluídas.


Outras quatro unidades, Porto Meira, Três Lagoas, Porto Belo e América, aguardam a licitação para a instalação dos equipamentos.


Todas as UVRs terão o mesmo padrão, com área administrativa, banheiros, refeitório e cozinha, além da unidade de triagem com equipamentos, como esteiras, balanças e prensas. O trabalho é feito por meio das Secretarias de Meio Ambiente e de Obras.


A secretária de Meio Ambiente, Angela Meira, destaca que as ações são fruto de um trabalho iniciado em 2017 para mudar a gestão de resíduos do Município, tanto na estrutura operacional do Programa como na vida dos catadores.


“A situação dessas unidades era caótica em Foz do Iguaçu. Muitas estavam depredadas, eram constantemente alvo de vândalos e algumas até pegaram fogo e foram destruídas. Realizamos então esses investimentos para mudar totalmente esses espaços, como foi o caso do Campos do Iguaçu”, disse a secretária.


“São investimentos para melhorar a qualidade do trabalho dos catadores, tornando ainda mais digna a atividade”, complementou.


Avanços


As mudanças não são apenas nas estruturas físicas das unidades. De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente, um novo convênio deverá ser firmado com a Itaipu Binacional para operacionalização, aquisição de equipamentos de proteção individual e de materiais de orientação ambiental para impulsionar e fortalecer ainda mais o programa de coleta seletiva.


Haverá nova distribuição de informativos sobre o programa da Coleta Seletiva e da bolsa da coleta. Pelo aplicativo 156 Foz, em breve haverá opção para acompanhamento da rota dos caminhões em tempo real, facilitando aos moradores a adesão ao programa.


“Queremos que cada vez mais pessoas participem da coleta seletiva e que se torne um hábito em prol da qualidade socioambiental no nosso Município”, destacou Ângela.


Link: https://www5.pmfi.pr.gov.br/noticia-48306

6 visualizações0 comentário