Tire suas dúvidas sobre a vacinação contra a gripe em Foz do Iguaçu


Campanha iniciou nesta segunda-feira (12); primeira fase inclui crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes, mulheres em período de pós-parto de até 45 dias e trabalhadores da saúde


A campanha de vacinação contra a Influenza (gripe H1N1) começou nesta segunda-feira (12) e segue até o dia 9 de julho. A meta da Secretaria Municipal de Saúde é imunizar pelo menos 90% dos grupos prioritários. Foz do Iguaçu recebeu 9.440 doses da vacina para a primeira etapa da campanha e receberá as doses de acordo com o fluxo de aplicação do imunizante. Neste ano, a vacinação será feita nas 19 UBS que não estão atendendo casos sintomáticos de covid-19.


Organizada preferencialmente por agendamento on-line no link bit.ly/vacinainfluenzaFoz, o cadastro para vacinação também pode ser feito nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). No site, é possível verificar a quantidade de vagas disponíveis em cada unidade e agendar data e horário de preferência.

A campanha de vacinação iniciará pelo grupo de crianças de 6 meses a menores de 6 anos (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (mulheres em período pós parto de até 45 dias) e trabalhadores da saúde. A vacinação da influenza ocorre simultaneamente com a contra a covid-19, porém com faixas etárias diferentes sendo imunizadas.


Confira algumas perguntas frequentes a respeito da vacinação contra a gripe:


Quais Unidades Básicas de Saúde de Foz do Iguaçu estarão vacinando contra a gripe?


Ao todo, 19 Unidades Básicas de Saúde participam da campanha de vacinação contra a Influenza.


Distrito Nordeste: UBS Sol de Maio,Três Bandeiras e Lagoa Dourada;

Distrito Norte: UBS AKLP, Jardim Curitibano, Porto Belo e Vila C Nova;

Distrito Leste: UBS Campos do Iguaçu, Morumbi III, Portal da Foz e Jardim São Paulo 2;

Distrito Oeste: UBS Vila Adriana, Jardim América, Parque Presidente e Maracanã;

Distrito Sul: Ouro Verde, Profilurb I, Vila Carimã e Padre Monti.


A vacina contra gripe apresenta alguma contraindicação?


São poucas as contraindicações. Pessoas com alergia aos componentes da vacina ou quadro febril agudo devem postergar a procura pela vacina.


Tomei a vacina da covid-19 há pouco tempo, posso me vacinar contra a gripe também?


O Ministério da Saúde não recomenda a aplicação das vacinas contra a covid-19 e contra a gripe simultaneamente. A orientação, neste momento, é priorizar a imunização contra a covid e respeitar o intervalo de 14 dias entre uma e outra dose.


Qual é a ordem e os grupos prioritários a serem vacinados contra a gripe?


A vacinação será feita de forma escalonada. Os grupos prioritários serão distribuídos em três etapas. Na primeira, de 12 de abril a 10 de maio, serão imunizadas crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas, povos indígenas e trabalhadores da saúde.


Na segunda fase, de 11 de maio a 8 de junho, a vacinação abrangerá idosos com 60 anos e mais, professores das escolas públicas e privadas.


Na terceira etapa, de 9 de junho e 9 de julho, estão pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema de privação de liberdade, população privada de liberdade e adolescentes e jovens em medidas socioeducativas.


A vacina contra a Influenza protege contra a covid 19?


Atualmente, não há evidências de que outras vacinas, além daquelas especificamente para o vírus SARS-Cov-2 (coronavírus), irão proteger contra covid-19.


Por que se vacinar contra a gripe/influenza?


Todos os anos, a gripe é responsável por muitos óbitos e pode trazer sérias complicações para a saúde (sobretudo de pessoas com comorbidades). Vacinar-se contra a gripe é essencial para quem deseja ficar prevenido contra a doença, mas lembre-se: a vacina não evita o quadro de gripe, ela reduz a gravidade e o tempo de sintomas da doença.


1 visualização0 comentário