top of page

RF, com apoio da PRF, retém quatro ônibus com mercadorias irregulares em Santa Terezinha


Nesta quinta-feira, 14/10, foram retidos quatro ônibus contendo mercadorias suspeitas de descaminho na cidade de Santa Terezinha de Itaipu-PR.


Duas das abordagens ocorreram durante a tarde, no posto da Polícia Rodoviária Federal em Santa Terezinha de Itaipu, uma delas contando com o apoio da PRF para a realização da operação. Já a terceira abordagem ocorreu no interior da cidade de Santa Terezinha de Itaipu, onde os contraventores tentaram esconder o veículo contendo as mercadorias sem comprovação de regularidade fiscal. O ônibus também não possuía ANTT, o que torna irregular o transporte de passageiros por esse veículo, que representa um risco à segurança dos passageiros e dos demais condutores.


Nas abordagens, os agentes da Receita Federal puderam constatar a utilização de batedores por parte dos infratores, que tentavam então evitar a fiscalização. Além disso, o ônibus escondido no interior da cidade estava caracterizado como o de uma instituição de ensino, também visando ludibriar a fiscalização.


Nos três veículos foram encontradas mercadorias diversas que totalizavam o valor aproximado de R$ 828 mil.


Já por volta das 20h, os servidores da Receita Federal, em uma operação conjunta com a PRF, realizaram a abordagem de outro ônibus de turismo, este com placas de São Paulo. O ônibus com 27 passageiros, tinha o bagageiro lotado de mercadorias em situação de descaminho, que somam aproximadamente R$339 mil.

Os veículos e as respectivas mercadorias foram retidos e encaminhados para a sede da Receita Federal em Foz do Iguaçu-PR.


Durante as operações ninguém foi preso, mas serão enviadas representações fiscais ao Ministério Público para a apuração dos ilícitos.


A Receita Federal disponibiliza telefones de contato para denúncias, de forma anônima, por meio dos números (45) 9 9152-2036 e (45) 9 9134-0100.


Essa iniciativa está inserida no âmbito do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF), instituído pelo Decreto nº 8.903/2016, tem como diretrizes a atuação integrada e coordenada dos órgãos de segurança e de fiscalizações atuantes nas fronteiras, e como foco, o fortalecimento da prevenção, do controle, da fiscalização e da repressão aos delitos transfronteiriços, como contrabando, descaminho, tráfico de drogas, armas e medicamentos, entre outros.

5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page