Presidente Marito apela ao compromisso do cidadão para desacelerar a propagação


O Presidente da República do Paraguai, Mario Abdo Benítez, pediu a manutenção dos cuidados de saúde para que setembro seja um mês em que a propagação do coronavírus possa ser travada. “Temos que apostar no que deu certo, que é a prevenção”, ressaltou. O presidente fez a convocação durante a inauguração do aqueduto do Chaco, obra que beneficiará 80 mil moradores da região. Abdo Benítez lembrou que no início do mês as autoridades sanitárias avisaram que agosto seria um mês complicado em termos de infecções e mortes. Na verdade, o oitavo mês do ano custou a vida a cerca de 250 pessoas. Neste sentido, o presidente sublinhou a importância de alargar os cuidados preventivos de forma a proteger principalmente a saúde dos idosos e das pessoas com doenças de base. Ele reiterou que o uso de máscara, a lavagem frequente das mãos e o distanciamento físico continuam sendo as principais ferramentas na luta contra o coronavírus. Por isso eles insistiam em não baixar a guarda e cuidar uns dos outros. Na mesma linha, o chefe de Estado pediu a conscientização dos cidadãos para que setembro seja o mês em que a disseminação do coronavírus pode ser retardada. Ele também pediu para evitar atividades sociais e para se mobilizar apenas em caso de necessidade. “É um vírus que descobrimos no dia a dia e o melhor remédio é a conscientização do cidadão e o compromisso de fazer o que sabemos que deu certo, mitigar a propagação do vírus e respeitar os protocolos de saúde para que neste mês de setembro seja um mês em que a doença comece a abrandar. disseminação do vírus no país ”, destacou. O presidente destacou ainda a resposta que o sistema de saúde está dando à crescente demanda por serviços. “Até hoje ainda não há paraguaios e paraguaios que precisaram de leito de terapia intensiva e não conseguiram. Sabe-se que nosso sistema naturalmente sem o covid-19 está saturado e agora com a presença desse vírus mais o aumento das doenças respiratórias é mais exigido, porém até hoje estamos respondendo bem ”, disse. O número de infecções no país é atualmente de 17.105 pessoas, após 631 novos positivos terem sido confirmados nas últimas 24 horas. Mortes de covid-19 no Paraguai totalizam 308.

6 visualizações

Foz do Iguaçu - Paraná

©2021 por Portal Fronteiras. Orgulhosamente criado e desenvolvido por Agência Ludkus.