Prefeitura dá início à construção de campo de futebol sintético no Jardim Fátima


O espaço de esporte e lazer foi solicitado pela própria comunidade, por meio do Orçamento Participativo


Em cerca de seis meses, as 300 famílias que moram no Jardim Fátima, em Foz do Iguaçu, vão poder aproveitar o espaço ao lado da Associação de Moradores para a prática de esportes e o lazer. Neste sábado, 20, foi dado o primeiro passo para a construção de um campo de futebol sintético - um pedido da própria comunidade, com a assinatura da Ordem de Serviço para a obra pela Prefeitura.


A reivindicação veio por meio do Orçamento Participativo, ação da administração municipal feita em 2019 que ouviu moradores de toda a cidade, e hoje se concretiza em obras e melhorias para o município. O valor total para a construção do campo é de R$ 180 mil e a previsão é que seja finalizado em 180 dias.


“Tínhamos o espaço, mas não tínhamos os instrumentos para a prática de esporte e lazer”, conta o presidente da Associação de Moradores do Jardim Fátima, Noel Dias Duarte. O terreno onde será construído o campo fica ao lado da sede da associação. Segundo Noel, no bairro residem muitas crianças e jovens que, em breve, poderão aproveitar o espaço, antes subutilizado.


“Vamos transformar uma área que hoje pouco se usa em um local que será o ponto de encontro das famílias, por meio do esporte e do lazer”, afirmou o prefeito Chico Brasileiro.


A secretária municipal de Saúde, Rosa Jeronymo, que esteve à frente do Orçamento Participativo em 2019, então como secretária de Direitos Humanos e Relações com a Comunidade, acompanhou a assinatura da ordem de serviço.


“Essa obra foi um pedido da comunidade, que participou do Orçamento Participativo, uma ação que permite que o orçamento público possa ser democratizado pela população, em que ouvimos as pessoas para que possamos atuar conforme as necessidades que possuem”, destacou.



O presidente da Câmara de Vereadores de Foz, Ney Patrício, também ressaltou a importância de ouvir a comunidade para a tomada de decisão relacionada aos recursos públicos. “É a comunidade que sente a sua dor, a sua necessidade. Daqui para frente, depois de instalado (o campo de futebol), a comunidade vai cuidar e trazer para si”, considerou.


Também participaram da assinatura da Ordem de Serviço os secretários municipais de Esporte e Lazer, Antônio Sapia; e de Obras, Cézar Furlan; o vereador Rogério Quadros; e o ex-prefeito Samis da Silva.


Link: https://www5.pmfi.pr.gov.br/noticia-47455

6 visualizações0 comentário

Foz do Iguaçu - Paraná

©2021 por Portal Fronteiras. Orgulhosamente criado e desenvolvido por Agência Ludkus.