Lourenço Kuerten assume a Secretaria Municipal de Turismo


Servidor público assumirá o cargo interinamente em substituição a Gilmar Piolla


O servidor público municipal Lourenço Kuerten assume interinamente, a partir de hoje (01), a Secretaria Municipal de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos em substituição ao jornalista Gilmar Piolla, que retorna para a Itaipu Binacional.

Lourenço, que atuava como diretor de desenvolvimento do turismo, foi secretário da pasta entre 2016 a 2017. Formado em administração, iniciou a carreira em 1989 na Secretaria Municipal de Turismo, passando pela extinta FOZTUR, entre 1991 a 2001 e atuando também como analista técnico de projetos turísticos, coordenando atividades de informações turísticas, projetos, planejamento e apoio técnico ao Conselho Municipal de Turismo – COMTUR.

Com uma experiência de mais de 30 anos na área, Kuerten terá o desafio de dar continuidade às ações e também de implementar importantes estratégias, como o Programa Foz conhecendo Foz, para superar as implicações da pandemia.

Fortalecimento

Nestes três anos, a pasta teve uma atuação ousada, projetando a cidade nos campos turístico, tecnológico e comercial. Foz do Iguaçu tornou-se uma das cidades turísticas que mais atraem investimentos públicos e privados. São mais de R$ 3 bilhões em investimentos que já estão em andamento ou acontecerão nos próximos anos. Investimento que reflete os três recordes sucessivos de visitação turística nos atrativos antes da pandemia.

Com essa política ousada, Foz conquistou o Prêmio Nacional de Turismo, com a melhor gestão de turismo do Brasil, em 2019, além do Prêmio Excelências Turísticas 2018, em Madri, dentre outros. O município, através da pasta, encaminhou a repactuação do contrato de concessão do Marco das Três Fronteiras para permitir a revitalização do Espaço das Américas, cujas obras devem começar nos próximos meses. Serão R$ 20 milhões em investimentos na ampliação do complexo turístico.

Comércio

Pela primeira vez, com medidas de desburocratização e novos marcos legais para a realização de eventos, o município passou a ter um ambiente de negócios ágil e acessível, impulsionando tanto os macro como os microssetores. Também foi criada a Central do Empreendedor, que agrega todos os serviços empresariais e facilitará a vida do empreendedor iguaçuense. A legislação fiscal foi aperfeiçoada e com isso, a prefeitura melhorou a infraestrutura do distrito industrial com atração de 33 novas empresas, que juntas irão gerar cerca de 1.000 novos empregos nos próximos anos.



0 visualização0 comentário

Foz do Iguaçu - Paraná

©2021 por Portal Fronteiras. Orgulhosamente criado e desenvolvido por Agência Ludkus.