top of page

Itaipu propõe tarifa provisória para 2023. Redução é de 43,94%


Valor proposto é de US$ 12,67/kW em 2023, ante US$ 20,75/kW em 2022.

A margem brasileira da Itaipu Binacional propôs o valor do Custo Unitário dos Serviços de Eletricidade (CUSE), que é a tarifa de Itaipu, para US$ 12,67/kW em 2023, em caráter provisório.


Quando do início da gestão, o valor nominal da tarifa era de US$ 22,60/kW, estabelecido desde 2009. Em 2022, houve uma redução para o custo atual, de US$ 20,75/kW. Agora, a margem brasileira propôs uma nova redução, refletindo a queda nos custos de pagamento da dívida contraída para a construção da usina.


O novo valor, ainda em caráter provisório, implica em uma redução de 43,94% da tarifa durante a atual gestão da Itaipu.


A tarifa da Itaipu é calculada pelo custo e a maior parte corresponde justamente ao pagamento da dívida de construção. Com a amortização completa a partir de março de 2023, a proposta tarifária busca refletir o novo cenário de custos da binacional, beneficiando o consumidor de energia.


A nova tarifa reflete, também, as diretrizes da atual gestão, que busca otimizar a aplicação de recursos, de forma austera e racional, sem prejuízo à qualidade da prestação de serviços no fornecimento de energia limpa e renovável para o Brasil e o Paraguai, além de assegurar as ações de desenvolvimento sustentável da região de fronteira, por meio de projetos sociais, ambientais, de promoção do turismo e de melhoria da infraestrutura regional, como a Ponte da Integração Brasil - Paraguai, Perimetral Leste, duplicação da Rodovia das Cataratas BR-469, dentre outras.

4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page