top of page

Diretor financeiro de Itaipu defende transição energética justa no EVEx, em Natal (RN)



Evento é reconhecido como o maior e um dos mais relevantes encontros de energia do bloco ibero-latino-americano


O diretor financeiro da Itaipu, André Pepitone da Nóbrega, defendeu na abertura do EVEx – Energy Virtual Experience, em Natal, Rio Grande do Norte, na manhã desta quarta-feira (3), uma transição energética justa para que a mudança da nossa matriz energética para fontes de energia mais limpas seja realizada de maneira equitativa, beneficiando todas as camadas da sociedade e mitigando os impactos socioeconômicos negativos.


“Isso é crucial para garantir que ninguém seja deixado para trás, especialmente na região ibero-latino-americana, que é caracterizada por desigualdades econômicas significativas”, reforçou o diretor.


Reconhecido como o maior e um dos mais relevantes encontros de energia do bloco ibero-latino-americano, o evento tem como objetivo debater tendências, trocar experiências e encontrar plataformas de cooperação para acelerar a transição energética nos países da Península Ibérica e da América Latina, em especial, Brasil, Portugal e Espanha.


Pepitone falou sobre Transição Energética Justa e Industrialização Verde: na rota ibero-latino-americana. O painel reuniu o presidente da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), Alexandre Ramos, o presidente da Agência para a Energia de Portugal (ADENE), Nelson Lage, o diretor presidente da ENBPar, empresa pública vinculada ao Ministério de Minas e Energia do Brasil, Luis Fernando Paroli, e o diretor superintendente do SEBRAE-RN, José Ferreira de Melo Neto.


De acordo com Pepitone, ao promover uma transição que seja socialmente inclusiva e ambientalmente sustentável, podemos criar um futuro em que o desenvolvimento econômico e a proteção ambiental caminham lado a lado. Já a industrialização verde, por sua vez, é fundamental para o desenvolvimento econômico sustentável.


“Ao adotar práticas industriais que minimizam o impacto ambiental, a região pode criar oportunidades de emprego e impulsionar a inovação tecnológica. Isso não apenas ajuda a proteger o meio ambiente, mas também fortalece a economia local, tornando-a mais resiliente e competitiva no cenário global”.


O diretor financeiro da Itaipu ressaltou que a integração desses conceitos na rota ibero-latino-americana oferece uma plataforma poderosa para a cooperação regional. “A troca de conhecimentos, tecnologias e melhores práticas pode acelerar a implementação de soluções sustentáveis, beneficiando todos os países envolvidos. A adoção de políticas públicas favoráveis e o incentivo a investimentos em energia limpa e tecnologias verdes são passos essenciais para alcançar esses objetivos”.


No painel, Pepitone falou da grande satisfação de estar no EVEx para discutir o panorama energético da região ibero-latino-americana. “Nossa matriz energética é caracterizada por uma combinação diversificada de fontes. A energia hidrelétrica é a espinha dorsal, fornecendo uma grande parte da eletricidade e segurança operativa aos sistemas, especialmente no Brasil e no Paraguai”.


No entanto, segundo o diretor, “estamos testemunhando um crescimento significativo nas fontes de energia renovável, como a solar e a eólica, impulsionadas por políticas públicas favoráveis e investimentos crescentes.


De acordo com Pepitone, apesar desses avanços, ainda enfrentamos desafios. E exemplificou: “a dependência de combustíveis fósseis persiste em várias regiões, gerando emissões de carbono e impactando negativamente o meio ambiente. A transição para uma matriz energética mais limpa e sustentável é crucial para reduzir esses impactos e promover a segurança energética”.


Para Pepitone, é essencial que continuemos a investir em tecnologias renováveis e em infraestrutura energética para garantir um futuro sustentável para nossa região. “Com cooperação e inovação, podemos transformar nosso panorama energético e liderar o caminho para um desenvolvimento mais verde e inclusivo”.


E concluiu reiterando a importância de trabalharmos juntos nessa jornada. “A cooperação regional e o compromisso com a sustentabilidade são fundamentais para que possamos alcançar nossos objetivos. Encorajo todos a colaborarem e agirem em prol de uma transição energética justa e de uma industrialização verde”.


Em sua quinta edição, EVEx – Energy Virtual Experience é uma iniciativa pioneira e internacional que reúne especialistas da área de energia, desde o ano de 2020, com o apoio de empresas e outras organizações.

0 visualização0 comentário

コメント


bottom of page