Dia do Doador de Sangue: Hemonúcleo agradece a quem doou mesmo na pandemia


Celebrado na quarta-feira, dia 25, a data é uma homenagem a quem doa e também dia de sensibilizar a população sobre a relevância da doação.


Doar sangue é um ato voluntário e que carrega um sentimento de gratidão. Em 2020, diante da pandemia do novo coronavírus, esse ato tornou-se ainda mais valioso, já que pela prevenção, muitos doadores não saíram de casa. No Dia Nacional do Doador de Sangue, comemorado nesta quarta-feira, dia 25 de novembro, a equipe do Hemonúcleo de Foz do Iguaçu, administrado pelo Hospital Ministro Costa Cavalcanti (HMCC), faz um agradecimento aos doadores.


Segundo a responsável técnica do Hemonúcleo, Dra Alessandra Giordani Ritt, “mesmo na pandemia, muitos pacientes precisaram deste gesto único e insubstituível de solidariedade”. Por isso, a importância da doação. "Só temos a agradecer a todas as pessoas que doaram sangue, amor e vida neste ano tão difícil”, afirmou a Dra Alessandra.


Em 2020, a média mensal de bolsas coletadas é de 1.015. Para atender a demanda necessária e manter os cuidados de prevenção da covid-19, o Hemonúcleo tem trabalhado com agendamento das doações, por meio do telefone: (45) 3576-8001, ou e-mail: doesangue@hmcc.com.br.


Para ajudar, o doador precisa ter de 18 a 65 anos, pesar acima de 50 kg, ser saudável, estar bem alimentado e ter dormido no mínimo seis horas.

0 visualização0 comentário

Foz do Iguaçu - Paraná

©2021 por Portal Fronteiras. Orgulhosamente criado e desenvolvido por Agência Ludkus.