top of page

Coro Cênico Pequeno Cotolengo traz novo espetáculo para Foz do Iguaçu


A peça “Para ler e viajar, basta começar” será apresentada no Centro Escola Bairro Érico Veríssimo, com ingressos gratuitos


O Coro Cênico Pequeno Cotolengo, projeto do Complexo de Saúde Pequeno Cotolengo, apresenta em Foz do Iguaçu, no dia 25 de setembro (segunda-feira), em dois horários - 9h30 e 10h30, a peça “Para ler e viajar, basta começar”.


O espetáculo conta a história de um viajante que entra em uma biblioteca e descobre novas formas de conhecer regiões do Brasil, sem precisar sair do lugar. Com muita música, dança e alegria, a apresentação promete emocionar o público ao mostrar o poder da criatividade e da imaginação.


As apresentações são resultado da parceria entre o Pequeno Cotolengo e a Prefeitura de Foz, por meio da Secretaria Municipal de Educação e a Fundação Cultural, e vão reunir alunos das escolas da rede pública e também estudantes da Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais). A entrada é gratuita.


De acordo com Alessandra Marquete, diretora do Coro Cênico Pequeno Cotolengo, essa viagem está prevista no cronograma do projeto e o destino foi escolhido pensando nos Assistidos, que também vão passear pela cidade. “Nós pensamos em Foz por todo o potencial turístico, pois nós prezamos que os nossos Assistidos tenham uma experiência que ultrapasse essa vivência em palco, que seja algo marcante e um aprendizado para a vida. Estamos muito empolgados para ver como será a reação deles ao ver uma das maravilhas do mundo! Essa visita traz visibilidade para nós, e mostra que as pessoas com deficiência podem e devem estar em todos os lugares”, destaca.


Neste ano, são mais de 40 pessoas com múltiplas deficiências no palco, divididas entre personagens, co-personagens e o coral, em uma peça completamente nova, além de 22 profissionais. Alessandra explica que o objetivo principal do projeto é trazer a inclusão através da arte. “Esse espetáculo é sobre o empoderamento da pessoa com deficiência.”


O roteiro é completamente novo, com músicas originais, além de ritmos e compassos diferenciados. A diretora conta que estruturar a peça do zero, com todo o processo de memorização das falas, a marcação de cena e a compreensão do tempo das falas e troca dos personagens, foi um verdadeiro desafio e também uma grande oportunidade.


“O roteiro é rico em informações, e isso fez com que os nossos Assistidos aprendam sobre a peça que estão ensaiando, e também tenham a oportunidade de saber mais sobre o Brasil”, conta Alessandra.


O Coro Cênico Pequeno Cotolengo existe desde 2009, e já fez mais de 85 apresentações, para mais de 28 mil pessoas na capital paranaense, região metropolitana, cidades de Santa Catarina, São Paulo e agora, em Foz do Iguaçu. Para os Assistidos, o projeto estimula a criatividade e habilidades socioculturais, trabalhando de forma lúdica o desenvolvimento do potencial de cada um dos Assistidos. A peça terá acessibilidade para cadeirantes, além de um intérprete de Libras.


O Ministério da Cultura e o Complexo de Saúde Pequeno Cotolengo, apresentam o Projeto Coro Cênico Pequeno Cotolengo, que conta com o patrocínio das empresas Itambé, Guararapes, RDP Petróleo, Instituto Martinelli, Merco Soluções em Saúde, Crasa Infraestrutura e Grupo Bacarin, além do apoio do Teatro UP Experience e do Interludium Iguassu Convention Hotel.


(Com informações da assessoria)


Link: https://www5.pmfi.pr.gov.br/noticia.php?id=52655

1 visualização0 comentário

Comments


bottom of page