Copel conclui recomposição da rede elétrica em Foz




Ao constatar, no final da tarde de ontem, que finalmente conseguiriam concluir os serviços de recomposição da rede elétrica após o temporal da última terça-feira, o gerente da agência de Foz do Iguaçu diz que a sensação foi gratificante e de alento. “Sabíamos do cansaço de nossos técnicos e eletricistas, mas estávamos superando esse evento sem nenhum incidente que pudesse colocar em risco a segurança dos empregados envolvidos”, afirmou Júlio Ramires.


Segundo ele, o vento chegou de surpresa e com velocidade entre 80 e 100 quilômetros por hora, seguido da chuva intensa. Após a passagem do temporal, foram contabilizados 30 postes quebrados, 18 alimentadores abertos, 80 pontos de cabo rompido, 70 serviços de poda e retirada de galhos na rede, um transformador avariado e cerca de 700 solicitações de serviço para recomposição. Às 18 horas da terça-feira, 20 equipes já estavam mobilizadas e até o final dos trabalhos, esse número subiu para 25 na área de abrangência da agência de Foz do Iguaçu.


Ao todo, 55 mil unidades consumidoras ficaram sem energia na região. Ramires lembra que em outubro de 2019 a cidade sofreu com um evento climático de maior proporção. Porém o de agora afetou de forma significativa todo o Paraná, trazendo maiores dificuldades na recomposição das redes e no atendimento devido à sobrecarga de serviços no Centro de Operação da Distribuição (COD), que controla todo o sistema elétrico da Copel no estado. Ramires destaca o envolvimento de todos os gerentes, das diversas áreas, e o suporte das equipes de Obras e Manutenção de Foz do Iguaçu nos trabalhos de troca dos postes quebrados e emendas de cabos.

1 visualização

Foz do Iguaçu - Paraná

©2021 por Portal Fronteiras. Orgulhosamente criado e desenvolvido por Agência Ludkus.