Comunidade do Bubas comemora anúncio de futuras obras de urbanização


Prefeito Chico Brasileiro reuniu-se com moradores para falar sobre criação de comitê para planejamento das intervenções; discussões iniciam na próxima semana


Moradores do Bubas receberam o prefeito Chico Brasileiro com palmas, na manhã desta quinta-feira (21). A reação é uma demonstração de contentamento com a notícia de que uma espera de anos está próxima de chegar ao fim: nesta semana, a prefeitura teve autorização para dar início à urbanização da área - a maior ocupação urbana do Paraná, situada no Porto Meira.


A segunda salva de palmas ao prefeito veio após o anúncio de que o comitê de representantes do Município e do Governo do Estado, por meio da Sanepar e da Copel, que fará o planejamento dos trabalhos iniciará as atividades já na próxima segunda-feira (25). A reunião com os moradores ocorreu no Centro de Convivência Francisco Bubas.


Na última segunda-feira (18), contou o prefeito, foi homologado acordo judicial que autoriza o Município a implementar melhorias urbanísticas no Bubas, como resultado da audiência na Comissão de Mediação de Conflitos Fundiários do Tribunal de Justiça (TJ-PR).


“Essa audiência, por sua vez, partiu de uma reunião que tive no Palácio Iguaçu, na presença do governador Ratinho Junior, para dar encaminhamentos no processo de regularização do Bubas. Não podíamos esperar o processo judicial da indenização, enquanto as famílias estavam vivendo em más condições. O que queremos é oferecer dignidade a essas pessoas”, disse.


Ainda segundo ele, o governador já garantiu que a Copel e a Sanepar serão parceiras na prefeitura nas intervenções necessárias. Representantes do Governo Estadual também confirmaram no encontro que os recursos para isso estão garantidos.


“Teremos um grupo técnico multidisciplinar que irá começar a trabalhar a partir de agora no projeto de urbanização. Faremos esse mapeamento e queremos trazer a vocês (moradores) uma proposta baseada no que é possível. Não é um processo rápido e simples, mas precisamos trabalhar junto com vocês para chegar no melhor resultado”, destacou o secretário municipal de Planejamento, Leandro Teixeira Costa.


*Emoção e expectativas*


“Vejo no rosto de cada um aqui muita emoção. O dia chegou, mas não sem muita luta, sem a organização, sem o esforço e a determinação de muitas pessoas”, disse o Padre Sergio Bertotti. Ele ainda comentou que, durante todo esse tempo de espera, houve a disseminação de muitas notícias falsas. “Precisamos acompanhar as informações dadas aqui, de forma oficial”.


Adriana Carneiro mora há seis anos no Bubas e está contente que vai poder melhor acesso a direitos básicos como cidadã. “Vai ser muito bom. Não tem explicação. Ter água, pagando e consumindo do que é nosso mesmo, a luz também, porque falta muita luz no bairro”. “Nós moradores do Bubas nunca perdemos a fé”.


Já Sueli Costa Nogueira, também moradora, disse que, muitas vezes, a esperança de ver as melhorias acontecerem diminuiram. “Espero que seja feita a medição dos terrenos e a canalização, porque é muito ruim viver com essa fossa, do jeito que a gente vive. E a gente tá disposto a pagar certinho. É melhor pra gente, fica uma moradia mais digna”.


“É uma realidade que a gente vem esperando há quase 10 anos. Muitas famílias estavam desistindo e hoje veio essa grande vitória”, disse a líder comunitária Rose Noelly.


Link: https://www5.pmfi.pr.gov.br/noticia.php?id=50026

0 visualização0 comentário