Câmara pede ao Estado que inclua caminhoneiros e trabalhadores do transporte no grupo prioritário


A Câmara aprovou, sessão desta quinta-feira (15/04), uma moção de apelo (03/2021), de autoria do Vereador João Morales (DEM), ao Governo do Estado do Paraná para que os profissionais de Despachantes Aduaneiros, funcionários das Transportadoras e Caminhoneiros sejam incluídos na 1ª etapa de vacinação do grupo prioritário. A proposição argumenta que o grande fluxo de veículos de cargas faz com que seja necessário o contato direto entre profissionais do ramo com motoristas. E, em Foz fica localizado o maior porto seco em movimentação de cargas da América Latina. Em suma, o documento defende que despachantes aduaneiros, caminhoneiros e funcionários de transportadores sejam incluídos na 1ª etapa da vacinação contra a covid-19.


Considerando os fatores citados acima, o vereador João Morales (DEM), defendeu a proposição durante a sessão. “Essa é uma moção de apelo devido à situação desses profissionais, que vão para outros países, do Mercosul, quanto para outros estados. Eles passam pela vulnerabilidade das barreiras, de parada. Os caminhoneiros passam por nossa aduana. E lá temos os agentes do transporte, os profissionais do comércio exterior. Vejo como uma necessidade grande atendermos o pedido para que possamos imunizar esses trabalhadores”.


A moção de apelo foi proposta pelo vereador João Morales (DEM) e subscrita pelos parlamentares: Cabo Cassol (Podemos), Edivaldo Alcântara (PTB), Galhardo (Republicanos), Jairo Cardoso (DEM), Kalito Stoeckl (PSD), Protetora Carol Dedonatti (PP) e Valdir de Souza (Maninho).


Durante o debate, o vereador Adnan El Sayed (PSD), também se posicionou. “Todas as demandas justas e legítimas só existem porque temos falta de vacinas suficientes para que a população seja imunizada de forma massiva”. O documento foi aprovado e será encaminhado às autoridades competentes.


https://bit.ly/3sliNaf

2 visualizações0 comentário