Bolsonaro anuncia até amanhã filiação ao PL


Jair Bolsonaro já bateu o martelo e anuncia o seu ingresso no PL, de Valdemar Costa Neto, entre hoje e amanhã. Bolsonaro não só já comunicou para o presidente do partido, Valdemar Costa Neto e como também para os caciques do PP.

Nas últimas semanas o presidente afirmou que estava na dúvida entre três partidos para se filiar: PRB, PL e PP. A declaração foi feita a jornalistas em Anguillara Vêneta, na Itália. De acordo com Bolsonaro, "a cada dia um está à frente do outro na bolsa de apostas". Independente da escolha, disse que formará "o maior partido do Congresso".


O chefe do Executivo está sem partido desde novembro de 2019, quando deixou o PSL. Tentou emplacar a criação do Aliança pelo Brasil, sigla que ainda está em processo de reunião de assinaturas de apoiadores para homologação no TSE (Tribunal Superior Eleitoral).


Em seu périplo pelos partidos, Bolsonaro já desistiu de alianças tidas como irrevogáveis. Por exemplo, confirmou a lideranças do Partido da Mulher Brasileira que se filiaria à sigla. Desistiu logo depois de um mal-entendido com a presidente da legenda. No Patriota, o problema foi jurídico. Bolsonaro foi o pivô de um racha na sigla. Adilson Barroso, então presidente da legenda, chegou a aprovar mudanças no estatuto para atrair o chefe do Planalto. O movimento desagradou parte dos integrantes do partido. O impasse resultou em uma divisão e no afastamento definitivo de Barroso do cargo.

85 visualizações0 comentário