Bolsistas do Patronato de Foz do Iguaçu participam de capacitação para poda de árvores


Os alunos irão integrar a equipe do município que atua na poda regionalizada, com o objetivo de acelerar o atendimento das demandas



Bolsistas do Patronato Municipal de Foz do Iguaçu participam até sexta-feira (27) de um curso de capacitação para a poda de árvores. As aulas práticas são realizadas no 14º Batalhão de Polícia Militar com seis bolsistas, que vão integrar a equipe que realiza este serviço no município.


A oficina é fruto de uma parceria entre as secretarias de Meio Ambiente e Assistência Social e a Polícia Militar, que surgiu por conta de uma necessidade em comum dos órgãos, conta a secretária de Meio Ambiente, Angela Meira.


“Temos algumas árvores no entorno do Batalhão que precisavam ser podadas, sendo assim, surgiu essa ideia de capacitar os bolsistas do Patronato para que eles pudessem realizar esse serviço e, após o término, integrar o time que faz a poda regionalizada”, afirmou.


De acordo com o coordenador de limpeza e paisagismo, Wladimir Simões Amaral, a equipe possui um contrato de trabalho de dois anos e pode desafogar as demandas da cidade. “Será um diferencial para resolver esse problema. Todo o trabalho de poda segue um cronograma que, com mais pessoas, mais rápido será cumprido”.


Parceria com a Polícia Militar


O curso é ministrado pelo cabo Marcio Pasztetnik, responsável pela manutenção e paisagismo do batalhão. As aulas contemplam o uso correto de ferramentas, utilização dos equipamentos de segurança e técnicas para aparar galhos e folhagens, mantendo a vida saudável das árvores.


De acordo com o capitão Edson Dal Pozzo, Oficial de Planejamento e Gerente de Projetos do 14° BPM, a integração entre Prefeitura de Foz e a Polícia Militar é essencial para o sucesso do projeto e a continuidade de todas as atividades com assistidos da instituição na PM.


“O programa tem esse escopo de realocação do egresso no mercado de trabalho e sabemos que a poda e arborismo possuem uma grande demanda, mas sem tantos profissionais qualificados, por isso esse diferencial”, destacou.


Segundo o bolsista Fábio*, a oportunidade de aprender a poda será essencial para encontrar novas oportunidades de trabalho. “Esse pode ser um novo começo para todos nós, por aprender um ofício honesto e esquecer todos os antecedentes. Sair desse período com uma ocupação vai me ajudar demais”, celebrou.


Cursos realizados com o patronato


O capitão Dal Pozzo ainda acrescenta que um novo projeto está em desenvolvimento com a Secretaria de Meio Ambiente para fornecer mudas de flores, cultivadas no batalhão, para uso no paisagismo da cidade. A parceria com a Polícia Militar é realizada também com o programa Horta Solidária, fabricação de paver e lavagem de automóveis.


Segundo o secretário de Assistência Social, Elias Souza, é uma função do poder público agir para que todos tenham oportunidades de retomada, por esse motivo a busca constante por parcerias com outras instituições.


“Sabemos de todo o estigma que existe com relação à pessoas que vêm do sistema penal, mas aos poucos vamos capacitando cada vez mais assistidos com uma função digna e rentável para uma nova vida, assim já chegam prontos ao mercado de trabalho. Contamos com esse apoio cada vez mais importante, onde todos se integram e quem ganha é o município”, disse.



0 visualização0 comentário