Aniversário de Foz do Iguaçu ganha comemoração especial no Cmei Bárbara de Matos Januário


Crianças conheceram a história, os atrativos turísticos e as etnias que a cidade abriga; Hoje elas apresentaram os trabalhos desenvolvidos ao longo do primeiro semestre


O aniversário de 108 anos de Foz do Iguaçu ganhou uma comemoração especial nesta quinta-feira (09) no Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Bárbara de Matos Januário, no Morumbi III. Os alunos realizaram uma singela apresentação, cantando o hino do município e apresentaram uma exposição que resgatou a história da cidade, suas belezas, pontos turísticos e as diversas etnias que a cidade abriga.


De acordo com a diretora Lucivani Lourenço, todos os 269 alunos do Maternal I ao Infantil 5 participaram das atividades. “Decidimos fazer essa comemoração contando para as crianças tudo sobre a nossa cidade, não somente sobre os pontos turísticos, mas também as etnias, as pontes (da Amizade, da Fraternidade e agora a segunda ponte ligando o Brasil ao Paraguai), trabalhamos também a construção da Itaipu, a bandeira, o hino e os pratos típicos da nossa região”, contou.


Cada turma trabalhou um tema, apresentado através de desenhos, pinturas e maquetes, que permanecerão em exposição no saguão do Cmei. A pequena Emily Oliveira, de cinco anos, aprendeu sobre a Lenda das Cataratas, mas também descobriu que Foz do Iguaçu faz divisa com outros dois países – Argentina e Paraguai. “O que eu mais gostei foi do Marco das Três Fronteiras, porque a gente consegue ver o rio e os outros países”.


A diretora do Cmei programa agora as visitas dos alunos a cada ponto turístico da cidade. “Sabemos que muitos não conhecem nossos atrativos, então como parte dessa comemoração, faremos as visitas no segundo semestre”, disse.


A diretora de educação infantil da Secretaria Municipal da educação Luciana Moreira acompanhou a apresentação dos alunos e ressaltou a importância de trabalhar a construção do pertencimento. “Trazer a história para perto deles é trabalhar a relação de pertencimento e vínculo com o lugar onde se vive e nossas crianças valorizarão muito mais a cidade do que muitos que moram aqui e vieram quando adultos e isso para Foz do Iguaçu é uma riqueza imensurável", afirmou.


Link: https://www5.pmfi.pr.gov.br/noticia.php?id=50317

0 visualização0 comentário