Alunas do Colégio Sesi criam site de denúncia contra violência doméstica


O projeto está sendo apresentado na 10ª edição da Feira de Inovação das Ciências e Engenharias (FIciencias) e tem previsão de lançamento no próximo ano


No dia 25 de maio de 2021, um caso de violência doméstica ganhou amplo destaque na mídia nacional, quando uma mulher de Andradina (SP) pediu socorro para a Polícia Militar, ligando no telefone de emergência 190, de uma forma inusitada: ela simulou um pedido de pizza para não ter suspeita do companheiro.

O policial atendente compreendeu que se tratava de um pedido de socorro e encaminhou uma viatura para o local. A vítima contou aos policiais que ele fez ameaças de morte a ela e seus filhos.

O caso inspirou três alunas do Colégio Sesi, de Marechal Cândido Rondon (PR), Lara Luísa Kieling Christmann, Laysa Carol Schaefer e Maria Clara Ferreira Campos a pensarem em uma solução que contribuísse para acolher e denunciar mais casos como este que ocorreu no interior de São Paulo.

Contribuição Social

O projeto das estudantes consiste em um website de denúncias, disfarçado de loja de produtos estéticos, onde cada item representa uma violência doméstica: moral (batom líquido), psicológica (batom bullet), física (corretivo), sexual (contorno), entre outros.

“A plataforma funcionará como um disque denúncia, onde as mulheres acessarão ao site de maquiagem com a finalidade de denunciarem seus agressores. Após a escolha do produto, que representa o tipo de agressão, a denunciante registra o endereço e envia os dados para uma central da polícia”, explicou Lara Kieling Christmann, uma das alunas responsáveis pelo projeto.

Para a orientadora do projeto, a professora Luciara Ciane Port Thomé, da disciplina de Ciências Aplicadas, o trabalho vai auxiliar muitas pessoas. “É muito bom ver as alunas motivadas na busca de soluções para um problema real. Estamos felizes por estarmos na FIciencias porque é um reconhecimento da relevância do trabalho”, disse.

De acordo com a orientadora o site deverá estar online a partir do próximo ano.

FIciencias

Para o diretor técnico do Parque Tecnológico Itaipu – Brasil (PTI-BR), Rafael Deitos, a 10ª edição da FIciencias é uma importante conquista para a Itaipu Binacional e o PTI-BR, deixando um legado de conhecimentos que são produzidos a cada ano.

“A FIciencias representa a materialização de um dos propósitos do Parque Tecnológico Itaipu, que é transformar conhecimento, competências e tecnologia em soluções. É muito importante que isso comece a ser feito entre os estudantes mais jovens. É com muito orgulho que estamos cumprindo esse papel: estimulando a ciência, a inovação e provocando os alunos a encontrarem soluções para problemas reais”, afirmou Deitos.

100% Online

A FIciencias é um evento promovido pela Itaipu Binacional e o PTI-BR. A programação, 100% online, começou na segunda-feira (08) e encerrará na sexta-feira (12). A feira é destinada a estudantes, do ensino fundamental e médio, com o objetivo de apresentar ideias criativas e inovadoras, em diversas áreas das ciências.

Dos 99 projetos selecionados para a FIciencias 2021, 89 foram de trabalhos inscritos e mais 10 trabalhos vieram de feiras afiliadas. Esta edição contará com a presença de aproximadamente 300 participantes, entre professores e alunos, do Brasil e Paraguai.

Confira a programação em https://youtube.com/c/FIcienciasFeira




0 visualização0 comentário