top of page

Aeroporto é estratégico para o desenvolvimento de Foz do Iguaçu, diz prefeito


Concessionária anunciou investimento de R$ 270 milhões e a geração de 250 empregos diretos. Plano de obras deverá ser concluído no final de 2024


O Aeroporto é estratégico para o ciclo de crescimento virtuoso da economia do turismo que Foz do Iguaçu terá nos próximos 10 anos. As melhorias e ampliações do terminal aeroportuário são fundamentais para este desenvolvimento, tanto para voos nacionais quanto para voos internacionais, afirmou o prefeito Chico Brasileiro, ao participar nesta terça-feira (19), do anúncio de um pacote de obras na estrutura, com investimento de aproximadamente R$ 270 milhões. O ato contou com a participação do governador Carlos Massa Ratinho Junior e do CEO da CCR Aeroportos, Fábio Russo.


“Temos uma perspectiva muito grande de, a partir do ano que vem, viabilizar mais voos domésticos e internacionais, além dos já existentes. Com isso, é necessário que o Aeroporto possa ter esta expansão projetada”, ressaltou Chico Brasileiro. As intervenções estruturais previstas começam este mês, devem gerar 250 empregos diretos e serem concluídas até o final de 2024, “quando teremos uma festa maior que esta de hoje”, disse Fábio Russo, sobre o anúncio dos investimentos.


O plano de obras inclui a adequação de RESAs (áreas de escape na pista) à legislação vigente, três novos pátios de aeronaves com capacidade para 13 posições C, divididas em 6, 3 e 4 posições por pátio, reforma e ampliação do Terminal de Passageiros com novos conectores para acesso às pontes de embarque, relocação de interferências e construção de Terminais de Cargas. Segundo o prefeito, a recuperação do turismo de Foz do Iguaçu mudou o cenário nos corredores do terminal.


“Quem hoje passa aqui já vê que no momento em que quatro aeronaves estão saindo ou chegando ao mesmo tempo, já gera um grande fluxo de pessoas e o aeroporto ficou pequeno”, disse Chico Brasileiro. Que ressaltou: “Então, este investimento é para preparar a Foz do Iguaçu não só de 10 anos, mas sim um projeto de 30 anos, uma Foz 2050”, afirmou.


Esforço conjunto


Chico Brasileiro também comentou que Foz do Iguaçu está preparada para receber um aumento de turistas, conforme as projeções do setor. “Do período de pandemia para cá, a cidade veio se preparando com a duplicação da BR 469 (Rodovia das Cataratas), Perimetral Leste (ligação das aduanas do Paraguai e Argentina com a BR-277), o Aeroporto que já foi ampliado e agora com esta nova ampliação”.


O investimento é importante não só para Foz, mas para o Paraná, disse o governador Ratinho Junior. “Estamos tendo aqui um investimento que vai praticamente triplicar o aeroporto, que tem capacidade de 3 milhões de passageiros, vai para 8 milhões. Estamos preparando o terminal para os próximos 30 anos, porque tem tendência de crescimento dos visitantes, estamos vendo os números, outros investimentos em Foz. É motivo de muita alegria”.


Prevenção


As obras que serão executadas pela concessionária vão aumentar a segurança operacional, otimizar a capacidade de atendimento de aeronaves e proporcionar um ambiente mais confortável e moderno para os passageiros, afirma o CEO Fábio Russo. O investimento, estimado em R$ 270 milhões, faz parte do previsto no contrato de concessão do terminal.


Russo adiantou que, enquanto ocorrer a execução, a empresa estará empenhada em minimizar os transtornos aos passageiros e manterá uma comunicação transparente sobre o andamento dos trabalhos. “Além de toda a representatividade para a economia do Paraná, por ser um polo produtor da região Oeste do Estado, o Aeroporto de Foz conecta brasileiros e turistas de todo o mundo às Cataratas do Iguaçu, uma das sete maravilhas naturais do mundo”.


“Estas intervenções que serão feitas vão elevar ainda mais o padrão do aeroporto e fortalecer seu papel como elemento importante para o desenvolvimento econômico e turístico da região”, completou Fábio Russo.


Além de Foz do Iguaçu, a concessionária realiza, de forma simultânea, obras de melhorias na infraestrutura em outros 14 aeroportos que estão sob sua administração no país. O investimento total é de R$ 1,8 bilhão. Cerca de 2,3 mil empregos diretos serão gerados.


Link: https://www5.pmfi.pr.gov.br/noticia.php?id=52652

1 visualização0 comentário

Comments


bottom of page