top of page

LDO 2024 prevê R$ 1,5 bilhão para orçamento de Foz do Iguaçu


Projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias será encaminhado para análise da Câmara Municipal de Vereadores


A secretária municipal da Fazenda, Salete Horst, apresentou nesta quarta-feira, 10, em audiência pública, detalhes da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) que prevê um orçamento fiscal (que exclui as despesas com previdência municipal) de R$ 1,5 bilhão para 2024, um aumento de 15% em relação ao orçamento deste ano.


A LDO estabelece as principais diretrizes do projeto de lei e informações pertinentes à receita municipal que vão compor a LOA (Lei Orçamentária Anual). Os dois projetos de lei, em tempos distintos, devem ser aprovados pela Câmara Municipal de Vereadores.


Além de orientar a elaboração da LOA, a LDO estabelece quais serão as metas e prioridades a serem exercidas pelo governo municipal, além de fixar o montante de recursos disponíveis para o exercício financeiro. As duas áreas que mais demandam recurso são a educação, previsão de R$ 352 milhões, e saúde, previsão de R$ 473 milhões.


Compromisso


"Um diferencial na proposta da LDO para o ano de 2024 é que nesta não está contabilizado o arrecadado com o RPPS (Regime Próprio de Previdência Social)", explica Salete Horst. Ainda segundo ela, as finanças do Município estão pautadas em despesas, receitas e endividamento.


"Ao elaborar a proposta da LDO, em conjunto com as demais secretarias e comunidade em geral, a prefeitura assume o compromisso com a população. Esse planejamento prevê tanto a continuidade ou financiamento de novos projetos quanto a eficiência dos serviços públicos", afirma o prefeito Chico Brasileiro.


Na audiência, foram apontadas ainda as metas e prioridades da administração, metas fiscais para o exercício de 2024, riscos fiscais e o relatório de projetos em andamento em 2023.


Link: https://www5.pmfi.pr.gov.br/noticia.php?id=51964

1 visualização0 comentário

Comments


bottom of page